Buscar
  • gracielemoura

Como fazer Sopa de Pedra

Atualizado: Mar 23


Era uma vez um viajante que andava de país em país, de terra em terra. Um dia quando estava de passagem por uma pequena aldeia reparou que a sua comida tinha acabado e ele estava com muita fome.

Foi andando de um lado para o outro a pensar numa forma de arranjar comida. Não tinha o hábito de pedir nada a ninguém, mas parecia que daquela vez não tinha outra alternativa.

Enquanto ia andando deu um pontapé numa pequena pedra que estava no chão, era uma pedra muito lisa e bonita, foi então que teve uma ideia de conseguir almoçar.

Bateu à porta de uma casa, que parecia ser de um grande agricultor da região. Quando o dono da casa abriu a porta o viajante disse-lhe: – Bom dia senhor, eu sou viajante e trago comigo uma pedra mágica capaz de fazer a melhor sopa do mundo, quer provar? Ao dizer isto retirou do bolso uma pedra muito lisa e redonda. Era parecida com outras que o agricultor conhecia, mas como gostava muito de sopa decidiu aceitar provar a tal melhor sopa do mundo. O viajante entrou e pediu uma panela grande com água e um pouco de sal, colocaram a panela ao fogo e a pedra lá dentro. Quando a água começou a ferver. O viajante provou e disse: – Está quase pronta, mas ficava ainda melhor se lhe pusermos umas batatas. – Oh homem! Não seja por isso, eu sou um grande agricultor desta região, batatas é coisa que não me falta. – Obrigado, assim a sopa vai ficar muito melhor. Passado mais algum tempo voltou a provar. – Está quase, mas ficava ainda melhor se lhe pusermos umas cenouras O agricultor lá foi buscar as melhor cenouras que tinha em casa. Após provar várias vezes o viajante foi pedindo outros vegetais, couve, cebola, feijão, entre outros. Quando a sopa já estava rica em vegetais, o viajante disse: – Caro amigo, a sopa está a ficar uma delícia. O agricultor mal podia esperar para provar a sopa, que é uma coisa que ele adora. O viajante após provar mais uma vez pediu: – Oh amigo esta sopa ficava ainda melhor se lhe pusermos um pouco de carne.

– Bem. já lhe disse que sou agricultor, coisas dessas não faltam aqui em casa. E mais uma vez foram colocando algumas carnes na sopa. Provou mais uma vez e disse com um grande sorriso: – Está pronta!!! – Já não tempo, disse o agricultor, vamos lá provar essa sopa. O viajante serviu a sopa para os dois. Depois de a provar, o agricultor exclamou: – Tinha razão, é mesmo a melhor sopa que já comi até hoje, essa sua pedra é realmente mágica. Não me a quer vender? – Não está à venda, é muito valiosa para mim, foi-me oferecida por um mago de um país distante. – Muito bem, obrigado na mesma por me ter deixado provar esta sopa. – Obrigado eu. Despediram-se e o viajante continuou a sua viagem por outras terras, utilizou várias vezes a sua pedra mágica e assim conseguiu comer. Foi desta forma que a receita da sopa de pedra foi passando de terra em terra e hoje ainda a podemos provar em vários locais, com diferentes receitas.

,,,


Esta estória é decorrente de um velho conto que se tornou um livro infantil. Eu conheci na fase da adolescência e nunca esqueci.

Com tudo isso que está se passando no mundo hoje, pensei em nós empreendedores e em nossa paixão por resolver problemas.


Inúmeras frentes, grupos, startups, instituições...

Uma verdadeira maratona correndo a mil por hora para vencer esse vírus.


Ouso afirmar que será o maior hackathon(*) que o mundo já teve.


A conexão entre as essas pessoas, entidades, empresas, profissionais liberais, todos em prol de alguns objetivos:

  • Orientar e manter informada a população na questão da prevenção

  • Pensar em soluções para conter a propagação

  • Desenvolver provas de conceitos para os testes diagnósticos o mais rápido possível

  • Dar suporte as empresas, relacionado a redução dos impactos da quarentena

  • Subsídios financeiros para amenizar os custos com as paralisações

  • E muito mais...

O número de voluntários, de certa forma empreendedores, que vão lá e faz, já deve ser muito maior do que o número de pessoas infectadas em todo o mundo.

Cada um trazendo sua experiência, seu poder de conexão com outras pessoas, o conforto e afago muitas vezes e o ingrediente principal para resolver problemas - o engajamento.

A nossa sopa tá ficando muito boa.

A nossa sopa ficará mais forte a ponto de sairmos dessa com grandes transformações humanas e aprendizados.

Fica a reflexão:

Vamos fazer sopa de pedra sempre!


No nosso dia a dia, nas empresas e não só em momentos difíceis.


Que equipe fenomenal!

Quisera eu ter essa equipe todos os dias.

  • Ritmo acelerado...

  • Sem estruturas rígidas, totalmente flexíveis

  • Nem todos são pessoas conhecidas...

  • Trabalhando remotamente ...

  • Sem poder sair de casa ...

  • Com o mesmo objetivo.

O engajamento desse time permitiu que ocorresse o comportamento humano colaborativo.

A verdade é: pessoas conectadas podem fazer juntas o que organizações sozinhas não conseguem.

Seus efeitos são vistos em vários exemplos de ecossistemas de inovação.


Um ecossistema (**) de inovação e empreendedorismo é feito por agentes que representam diferentes entidades, em destaque universidades, empreendedores techs (startups), governo, incubadoras, aceleradoras e pré-aceleradoras de negócios, investidores anjo. empresas de capital empreendedor, empresas de Serviços de Suporte à Negócios e outros agentes que promovam a cultura empreendedora.



As universidades possuem um papel fundamental no contexto dos ecossistemas de inovação. Assim, contribuem com suprimento de capital humano, pesquisa colaborativa para problemas do mercado, co-patentes, publicações científicas e criação de novos negócios intensivos em conhecimento. Muitas startups nascem em universidades. As pesquisas estão evoluindo com relação a medicação dos infectados, fazendo testes e verificando alternativas


Startup é uma empresa nova, até mesmo embrionária ou ainda em fase de constituição, que conta com projetos promissores, ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras. Ela deixa de ser startup quando consegue acertar seu modelo de negócio e crescer. Muitas delas da área de saúde estão trabalhando em busca de testes diagnósticos mais rápidos.


O governo é agente fundamental do desenvolvimento de um ecossistema. Gestores públicos também são convidados a estarem juntos dos projetos empreendedores fomentando o desenvolvimento da cultura empreendedora e a geração de novos negócios, principalmente para parcerias de grandes problemas urbanos. No cenário atual, os pacotes de benefícios fiscais que foram lançados será extrema importância para os empresários.


Pré-aceleradoras ou incubadoras são empresas que auxiliam no estágio do projeto. É quando o empreendedor realiza o planejamento estratégico do seu empreendimento, analisando o mercado, desenvolvendo o modelo de negócios, criando o MVP (produto mínimo viável), levantando as informações financeiras, estabelecendo as metas e as estratégias de vendas com base nas informações e feedback dos clientes.


Já as aceleradoras trabalham com startups que já estão em processo de crescimento ou validação de acordo com a jornada do empreendedor. Sua função é dar apoio financeiro, oferecer consultoria, treinamento e realização de rodadas com investidores, em troca de participação nas ações da empresa acelerada


Investidores anjo são profissionais (empresários, executivos e profissionais liberais experientes) que investem com seu capital próprio em empresas nascentes com alto potencial de crescimento (as startups). Agregam valor para o empreendedor com seus conhecimentos, experiência e rede de relacionamentos além dos recursos financeiros, por isto é conhecido como smart-money. Normalmente não tem posição executiva na empresa e possuem uma participação minoritária.


Empresas de capital empreendedor são também conhecidas como capital ou investimento de risco, é uma das formas de captar recursos para realizar os planos e projetos de longo prazo.


Muitas vezes auxiliando as aceleradoras, as empresas de serviços de suporte à negócios trabalham provendo capacitação, consultoria e apoio a empresário, em qualquer área que ela precise. A exemplo do Sebrae, Fiep, Sesi, Senai, dentre outros.


Estamos no Momento de Conectar!


Empresário da pequena, média empresa, funcionário ou colaborador que queira fazer essa sopa de pedra, principalmente nesse momento, pode se conectar ao ecossistema. Eu tenho certeza que surgirão muitas batatas, legumes, carne e temperos maravilhosos.

Momento de reinventar os negócios e pensar em soluções para estabilização do mercado.


Conecte ao ecossistema do seu segmento.

Seja o Agente Protagonista da Transformação!


Procure uma das Empresas de Suporte aos Negócios: Sebrae, Fiep, Sesc, Sesi, Senai.

Alguns links:

https://api.whatsapp.com/send?phone=554197878003&text=Oi

https://www.sebraepr.com.br/?utm_medium=email&utm_source=mailchimp&utm_campaign=mailchimp-

http://www.fiepr.org.br/


Se você preferir, deixe sua mensagem nos comentários ou envie suas dúvidas no meu e-mail: graciele@nygracorp.com


Faremos de tudo para temperar sua sopa.


(*) Hackathon - Uma maratona de trabalho, onde os técnicos se reúnem por horas, dias ou até semanas, a fim de explorar problemas, desvendar desafios e sistemas lógicos, discutir novas ideias e desenvolver projetos o mais rápido possível.

(**) Ecossistema - Analogia a partir do conceito da ecologia – onde um depende do outro para sobreviver


Grande abraço cordial.

Até a próxima!


Consultora de Transformação Digital CDO, CTO, Evangelizadora Blockchain, Especialista em Inovação e Gestão de Mudanças #Gramoura #consultoriatransformacaodigital #nygranotopo #CDO #chiefdigitalofficer #sejaprotagonistadatransformacaodigital

20 visualizações